Exercícios de revisão

1-Quais fatores desencadearam o processo de expansão marítima na Europa?

2.  Como se explica o pioneirismo português nas grandes navegações?

3.  Por que o regime monárquico português recebia apoio tanto da burguesia como da nobreza,
com relação à expansão marítima?

4.  Explique a diferença entre o sistema de feitorias e o de colonização.

5.  Por que foram estabelecidos tratados sobre as terras do Novo Mundo? Quais os principais trata­
dos, quando foram elaborados e o que determinavam?

6.  Resuma as principais características do modo de vida dos índios brasileiros na época do descobrimento.

7 -Observe o mapa ao lado. É uma peça de cartografia produzida por Henricus Martellus, no final do sécu­lo XV. O que você poderia concluir sobre o mundo conhecido pelos europeus até esse período e a impor­tância das grandes navega­ções?

 amalia

 

8 (Fuvest-SP) Sobre o tratado de Tordesilhas, assinado em 7 de junho de 1494, pode-se afirmar
que objetivava

a)        demarcar os direitos de exploração dos países ibéricos, tendo como elemento propulsor o
desenvolvimento da expansão comercial marítima.

b)       estimular a consolidação do reino português, por meio da exploração das especiarias africanas
e da formação do exército nacional.

c)        impor a reserva de mercado metropolitano, por meio da criação de um sistema de monopó­
lios que atingia todas as riquezas coloniais.

d)       reconhecer a transferência do eixo do comércio mundial do Mediterrâneo para o Atlântico,
depois das expedições de Vasco da Gama às índias.

e)reconhecer a hegemonia anglo-francesa sobre a exploração colonial, após a destruição da
Invencível Armada de Filipe II, da Espanha.

 9 (ESAL) “Gostaria que espanhóis e portugueses mostrassem onde está o testamento de Adão,
que dividiu o mundo entre Portugal e Espanha.”

Essa frase mostra o descontentamento do rei francês, Francisco I, com:

a)            o comércio das especiarias.

b)           as expedições de reconhecimento das terras portuguesas e espanholas.

c)            a situação geográfica privilegiada de Portugal e Espanha.

d)           o tratado de Tordesilhas.

e)            as viagens marítimas européias.

10  (UFES) Entre as causas da expansão marítima só não se situa:

a)        a ascensão socioeconômica da burguesia.

b)   a necessidade de se romper o monopólio que as republiquetas italianas exerciam no Mediter­
râneo, em torno das especiarias.

c)        o surto florescente do comércio.

d)   a necessidade de implantação de novas frentes de consumo, sob a forma de colônias.

e)        a evolução náutica.

 

11  (ESAL) Foram razões importantes que permitiram a Portugal desempenhar um papel pioneiro
na expansão marítima do século XV, exceto:

a)        Portugal era um ponto de escala para os navios italianos que se dirigiam ao mar do Norte e,
por esta razão, desenvolveu um grupo numeroso de comerciantes de intermediação que logo
puderam, eles próprios, navegar até as cidades italianas e o mar do Norte.

b)       a crise da mão-de-obra na agricultura portuguesa levou a Coroa a organizar expedições de
exploração ao litoral africano em busca de mão-de-obra escrava.

c)        a deficiência na agricultura levou os portugueses, desde os primeiros tempos de sua história,
a buscar sua subsistência na pesca marítima.

d)   a Escola de Sagres, centro de estudos náuticos, era ponto de partida para várias expedições ao
litoral africano.

e)        a unificação política e a centralização do Estado foram conseguidas precocemente, em relação
aos demais países europeus, permitindo a Portugal organizar e garantir o empreendimento
marítimo.

 12 (FURG) Em relação ao tratado de Tordesilhas, podemos afirmar que

a)        o tratado foi legitimado pelo Papa Alexandre VI.

b)   o tratado foi assinado no século XVI.

c)        o Brasil já havia sido descoberto quando de sua assinatura.

d)       foi um tratado definidor da divisão entre franceses e portugueses das terras a serem descober­
tas no oceano Atlântico.

e)        nenhuma resposta está correta.

13 - Sobre o descobrimento, podemos dizer que:

a)        foi um acontecimento casual, uma vez que a burguesia européia não cogitava expandir-se.

b)       havia interesse de Portugal em chegar ao Brasil e iniciar imediatamente sua colonização.

c)        foi fruto da expansão ultramarina realizada pela burguesia européia, marcando uma etapa do
desenvolvimento comercial europeu.

d)   não se sabia da existência de terras nessa região, o que comprova a casualidade do fato.

e)        nenhuma das anteriores.

About these ads

3 Respostas

  1. Oii eu gostaria de saber as respostas corretas desses exercicios pois tenho que estudá-los para uma prova se puder me retornar com as respostas agradeço muitoo!

  2. por favor eu preciso das respostas, da primeira e da segunda! :D alguem poderia me passar? É urgentissimo ! obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: